Sunday, June 24, 2007

Malásia

Pois é, já lá vai a viagem ao Oriente!
Aqui vai o relato:

A viagem iniciou-se com um voo para Roma (uma estreia, a cidade do Antigo Império), seguido de 12 horas de voo para Kuala Lumpur e mais uma hora de voo para Langkawi.
A coisa começou mal porque a bagagem ficou em Roma e andou perdida durante 2 dias! Mas improvisámos e correu tudo bem.

Langkawi é uma ilha pequena, com algumas povoações, uns quantos resorts e uma cidade média, Kuah.

O clima é muito quente e húmido, com florestas tropicais e águas cálidas.
O resort era bastante razoável. Ficamos num chalet no meio da selva, rodeados de macacos, cobras, lagartos e sabe-se lá mais o quê! A praia ficava a 2m a pé.

Explorámos a ilha de carro (conduz-se à esquerda, que grande atrofio!Ainda entrei num cruzamento em contra-mão e levei 2 berros do Rui). Kuah tinha uns shoppings fantásticos. Acrescento que Langkawi é uma ilha dutty free!

Fomos a uma pequena ilha fazer snorkeling e foi espectacular! Parecia que estávamos num aquário gigante! Montes de peixinhos a nadar a nossa volta, tubarões (pequenos), e corais coloridos.
A viagem de barco foi muito atribulada, 45 minutos aos saltos e levámos um grande banho!

Os últimos 2 dias em Langkawi foram maus, esteve sempre a chover.

Ao fim de 8 dias rumámos a Kuala Lumpur, a mega-capital. Lá estão as Torres Petronas, maiores edifícios do Mundo! São lindas e imponentes...
Esta cidade tem mega shoppings de 10 andares, uma perdição para os meus olhos! Aqui vivem em harmonia várias culturas, raças e religiões, o que me leva a admirá-los. Não vimos pobreza, vimos avanço tecnológico, comercial e cultural. O aeroporto de Kuala Lumpur foi considerado o melhor do Mundo em 2006.

As pessoas são de uma simpatia extrema, muito prestáveis. Toda a gente fala inglês, não existe quase criminalidade.

Aquilo que trago na memória (além de todas as compras que fiz hihihi) são os cheiros intensos a especiarias e às comidas, que lá são muito diferentes, a simpatia das pessoas e sobretudo, a civilidade de um país que, sendo muçulmano, consegue agregar vários credos de forma pacífica. Numa rua existe uma mesquita, um templo hindu, um templo budísta e uma igreja! Um exemplo para o MUNDO!!

Recomenda-se MUITO!!

Depois disso foi uma viagem ultra cansativa de 24 horas, com escala em Roma (péssimo aeroporto, muito confuso e os italianos são pouco ou nada prestáveis)!

SELAMAT DAIANG (ADEUS)

0 Comments:

Post a Comment

<< Home